quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

ESPECIAL: Jesus Cristo falando ao coração do Sacerdote

Nota do blogue: Transcreverei parte deste livro que é composto de meditações eclesiásticas e orações diversas, como as orações estão apenas em latim, farei a transcrição das 31 meditações. Não transcreverei sequencialmente conforme o índice, mas concluído esse objetivo, coloco as meditações em sua ordem em arquivo PDF.

JESUS CRISTO
FALANDO AO
CORAÇÃO DO SACERDOTE
OU
MEDITAÇÕES ECLESIÁSTICAS
PARA TODOS OS DIAS DO MÊS


Escritas em italiano pelo Missionário e doutor
Bartholomeu do Monte
Traduzidas pelo
Pe. Francisco José Duarte de Macedo
___

Quarta edição, Correcta
e aprovada em 9 de abril de 1910
pelo Excmo e Revmo Snr. D. Antônio, Bispo do Porto

Livraria Católica Portuense

ÍNDICE

Atos preparatórios para a meditação/
Advertência/ Atos de ação de graças


________________________________________

Atos preparatórios para a meditação

Considera-te, minha alma, na presença do teu Deus; Ele te vê, te ouve e penetra até ao íntimo do teu coração; adora-O profundamente, dizendo:

Meu Deus, creio estar  na Vossa presença; e, humilhado, no abismo do meu nada, Vos adoro. Confesso-Vos por aquele grande Senhor, que sois adorado de todos os Anjos e Santos do Céu.

Reconheço que sou indigno de estar diante de Vós, depois de tantas ingratidões, depois de tantas vezes ter merecido o Inferno. Mas que hei de fazer agora, Senhor; a quem hei de recorrer se me repelirdes da Vossa presença?! Tende piedade de mim, meu Deus, que de todo o coração me pesa de ter-Vos ofendido, a Vós, Sumo Bem, digno de todo o amor. Proponho amar-Vos sobre todas as coisas, e até quero antes morrer que tornar a ofender-Vos.

Entretanto concedei-me as luzes necessárias para fazer bem esta oração. Confesso que nada posso sem Vós; socorrei-me pois, eterno Deus, por amor de Jesus e de Maria. Uno esta minha oração à que, nesta hora, Vos estão fazendo, na terra as almas Vossas amantes, e no Céu os Anjos e Santos, cujo patrocínio imploro; e protesto, meu Deus, ser minha intenção fazê-la para Vos agradar.
Gloria Patri... (em louvor da SS. Trindade)

Ave-Maria... (em louvor de Nossa Senhora)

Advertência

Lido, com a maior atenção, o ponto que deve meditar-se, faça-se uma breve pausa para  dar lugar à reflexão: depois prossiga-se do mesmo modo a leitura dos outros pontos, podendo ler-se, ou toda a Meditação, ou um só ou dois pontos, ou ainda só parte de um ponto, segundo a maior ou menor impressão que fizerem na alma as verdades que neles se contêm; porque pode um só ponto ou pensamento causar viva impressão na alma, absorver-lhe toda a atenção e dar matéria suficiente à reflexão. Neste caso não se continue a leitura; medite-se nesse ponto ou pensamento, podendo até repetir-se nele a oração por muitos dias, reservando-se os demais pontos para os dias seguintes. Haja sempre o cuidado em seguir as divinas moções.

Depois da leitura do ponto, deve excitar-se a alma á meditação, dizendo:

Pensa, minha alma, no teu Deus; dirige-Lhe atos de confiança e amor; escuta Suas doces palavras; abraça-te com o teu querido Jesus e ama-O com todo o coração.
Depois do primeiro ponto leia-se e medite-o o segundo, acrescentando no fim:

Minha alma, entre em ti mesma, e vê quantos desgostos tens dado ao teu Jesus; e não choras? que mal te fez o teu Deus?!... Eia pois, prostrada em Sua presença, faze atos de contrição, de humildade e confusão própria. Pede humildemente perdão a teu Pai celeste; ama o Sumo bem. Oh! Se nunca tiveras ofendido o teu Deus! Oh! Se tiveras sempre amado o teu Jesus, Bondade infinita!...

Concluída finalmente a meditação e moção dos afetos, passa-se as resoluções, dizendo:

Prometo-Vos, meu Deus, nunca mais tornar a desgostar-Vos, nem com pecados mortais nem com os veniais deliberados. Proponho emendar-me de tal ou tal vício...

(Aqui formará resolução eficaz de fugir do pecado, ou defeito mais grave, ou em que mais vezes costuma cair.)

Para este fim servir-me-ei de tal ou tal meio...; não irei àquela casa...; abandonarei aquela companhia...; resistirei sem demora àquele pensamento...; calar-me-ei em tal ou tal ocasião...; etc., etc.

Trindade Santíssima, pelo amor de Jesus e de Maria concedei-me graça para observar até a morte tudo o que Vos tenho prometido.
Conclusão da oração

Formadas as resoluções, em que consiste principalmente o fruto da oração mental, procure-se cumpri-las fielmente.

Atos de ação de graças

Meu Deus, do íntimo do meu coração Vos louvo, Vos bendigo e Vos agradeço as santas luzes e afetos que Vos dignastes conceder-me nesta meditação.

Novamente confirmo e Vos ofereço as santas resoluções que, ajudado da Vossa graça, acabo de fazer, particularmente aquelas que têm por fim fugir com todo o esforço de tudo aquilo que for ofensa Vossa, meu Sumo Bem, e fazer toda a diligência por ser Vosso servo fiel e amante da vida presente, para sê-lo depois perfeitamente na futura. Mas Vós conheceis as minhas inclinações para o mal, a minha repugnância para as coisas espirituais, a minha inconstâncias no bem começado,

Ó piedosíssimo Jesus, nunca me abandoneis; sustentai-me com a Vossa graça; confirmai com ela os própositos que com o Seu auxílio tenho feito. Confirma hoc, Deus, quod operatus es in nobis.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...